Software de Gestão do Conhecimento para Trabalhos Acadêmicos

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

HALLOWEEN: É UMA FESTA COM PODERES OCULTOS E DEMONÍACOS



HALLOWEEN – O ANO NOVO DOS CELTAS – (CUIDADO COM O SEU FILHO, É UMA FESTA COM PODERES OCULTOS E DEMONÍACOS – grifo do Prof. Luis Cavalcante) por Anderson Henrique

O Dia 31 de Outubro - Esse é o dia que marca o ano novo dos Celtas, antigo povo da Grã-Bretanha. Nessa data terminava a época das colheitas.

Crenças


Eles tinham as seguintes crenças: até o dia 31 de outubro reinava Baal, deus celta da primavera e verão. A partir de 1º de novembro, reinava Sanhaim, o deus da morte. A noite de 31 de outubro era um intervalo entre os dois reinados
As barreiras entre o mundo natural e o sobrenatural deixavam de existir e os mortos aproveitavam para caminhar pelo mundo dos vivos, as vezes interferindo violentamente em seus assuntos.

Por esse motivo, a festa de 31 de outubro era considerada o “Festival da Morte”. Daí vem as cores dessa festividade: o laranja representa o outono, e o negro representa a morte.

Nesse dia, o deus dos Celtas chamava os espíritos dos homens perversos que haviam morrido naquele ano, ao mesmo tempo outros espíritos percorriam os campos atacando as pessoas.

Dia 31 de outubro, noite de horror: podiam ser atacados por fantasmas, maus espíritos e demônios, e mesmo pelos sacerdotes druidas.

Era o momento dos sacrifícios humanos. Homens, mulheres, anciãos e crianças eram levados à força e aprisionados e grandes caixões de madeira e palha, nos quais os sacerdotes tacavam fogo.

Os Druidas

Os celtas tinham sacerdotes satânicos, chamados Druidas. Existiam na Grã Bretanha, Roma e Grécia. No dia 31 de outubro, iam de casa em casa, solicitando certas comidas, e aqueles que se negavam a fazerem doações eram amaldiçoados.
Atormentava-se o povo com a prática de magias. Em suas caminhadas, os druidas levavam grandes nabos, que tinham sido previamente esvaziados e talhados com formas de rostos e emblemas satânicos.

Acreditava-se que cada nabo continha o espírito do demônio que dirigia ou guiava pessoalmente os sacerdotes.

Adivinhações

Os que praticavam a adivinhação sabiam que aquela era a noite em que tinham mais êxito. Invocavam demônios, para que lhes ajudassem.

Colocavam maçãs em um tubo e conseguir fazer com que elas entrassem na boca sem que fossem mordidas. O primeiro que conseguia isto teria um ano de sorte.

Sacrifícios

Já ocorriam vários séculos a.C.. Faziam-se sacrifícios aos deuses, especialmente ao deus da morte. Os sacrifícios eram de todo o tipo, desde vegetais até seres humanos.

O século VIII

O Papa Gregório III em um esforço para que o povo deixasse de realizar esse festival ao deus da morte mudou o dia de Todos os Santos de 13 de maio para o dia 1º de novembro. No entanto nunca funcionou.

O Nome

O nome Halloween provém do fato mencionado anteriormente. Todos os santos em inglês era “All Hallow”, ou “all holy”. Com o tempo, agregou-se a terminação “em”, uma abreviatura de “evening”, que significa anoitecer, momento em que começa a festividade. Daí o nome “Halloween”

A Idade Média

Houve um grande ressurgimento de práticas satânicas, bruxarias e magias, tal como está ocorrendo hoje.

Durante esse tempo surgiu a crença de que as bruxas viajavam em vassouras nos “sábados negros” para adorar a satanás. Eram guiadas por espíritos, muitas vezes em forma de gatos pretos. Os druidas adoravam os gatos, na crença de que eram a encarnação de seres humanos maus.

Festividade chega à América

A América do Norte desde a colonização foi declarada uma terra onde se respeitariam todas as crenças religiosas. Isso abria as portas para que as festas dos druidas fossem implantadas ali.

Em 1848, quando, devido a uma grande fome que sobreveio à Irlanda, e milhões emigraram para a América do Norte, o costume se implantou no Novo Mundo.

Uma Nova Roupagem

Na América, encontraram um elemento que não tinha no Velho Mundo e o incorporaram às festividades: as abóboras. Esvaziavam-nas e convertiam-nas em lanternas, com velas dentro, e com elas iluminavam as reuniões.

Halloween Moderno

Não é uma temática de trevas, morte, medo, ameaças, destruição e mal?
Há bruxas, vassouras, morcegos, corujas, esqueletos, morte e monstros.

Há lugares no mundo que crianças se disfarçam de demônios, bruxas e fantasmas, e saem à rua quando já está escuro.

No halloween haverá adivinhações, casas encantadas, velas e invocação de espíritos. Pense Nisto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário